COMO SURGIU O YAOI

Conheça mais sobre o que você lê, dando importância para quem o criou e passando a diante sabedoria!

Vocês sabem o significado da palavra”Yaoi”?

Yaoi (em japonês: やおい| “iá-ô-í”) é um gênero de publicações que tem o foco em relações homoafetivas entre dois homens. O termo se originou no Japão e inclui principalmente dōjinshis. Atualmente, no Japão e no mundo, o termo “Boys Love” (ou BL) é o mais utilizado em trabalhos profissionais.

E de onde se originou?

No final da década de 1980, houve um aumento significativo de trabalhos envolvendo paródias de mangás publicados em formato de dōjinshis, que são conhecidas por serem revistas amadoras de publicação independente. A “explosão” desses mangás amadores ocorreu principalmente pela alta popularidade do anime Shōnen com temática esportiva Capitão Tsubasa no ano de 1985. Logo em seguida, animes e mangás de renome como Saint SeiyaTenkuu Senki ShuratoYoroiden Samurai Trooper e Ginga Eiyuu Densetsu também se tornaram objeto de intensa “yaoi-ização”, ou seja, aumentou ainda mais a produção e venda de dōjinshis no Japão.

Acredita-se que o termo foi criado por Yasuko Sakata e Akiko Hatsu ainda nos anos 80, ambas artistas que participaram do Year 24 Group, movimento responsável por revolucionar a demografia Shōjo. Inicialmente o termo era usado de maneira depreciativa e irônica, já que na época as histórias deste novo gênero eram inicialmente escritas por autoras amadoras e aspirantes à mangakás.

Com o passar dos anos, o Yaoi ganhou características próprias e histórias mais complexas. Além disso, no começo dos anos 2000 surgiram diversas revistas especializadas em publicar tais mangás, fazendo com que a palavra Yaoi se tornasse inadequada como um termo comercial. Como substituição, a demografia passou a ser nomeada como “Boys Love”, se tornando a nomenclatura mais utilizada no Japão e no mundo. Ademais, era desconfortável utilizar Yaoi para se referir histórias com origem sul-coreana ou tailandesa, por exemplo, já que Yaoi é uma palavra com característica japonesa muito forte.

 

Vocês conhecem esses termos?

Uke, Seme, Riba e entre outros

“Seme” (“semeru” 攻め) é escrito com o kanji que significa “ataque” (攻める), ou seja, o personagem “Ativo” e “Uke” (“ukeru”, 受け) é escrito com o kanji que significa “receba” (受ける), ou seja, o personagem “Passivo” de uma relação. Inicialmente, esses termos eram usados em artes marciais e que foram apropriados por artistas de dōjinshis para descrever os papéis sexuais dos personagens. Já o “Riba” (“Ribā”, リバ) é escrito em katakana, pois é a abreviação de “reversível”, usado para indicar casais com papéis sexuais que não são estritamente definidos, “Riba” é amplamente usado na indústria de dōjinshis.

Atualmente, embora os termos “Seme” e “Uke” sejam usados com muita frequência na indústria de BL e doujinshi no Japão, muitos fãs também utilizam outros termos para descrever os papéis dos personagens em um relacionamento. Alguns usam as palavras “tachi” (タチ) e “neko” (ネコ), ativo e passivo respectivamente, e nos últimos anos também pode-se encontrar os termos “hidari” (左) e “migi” (右) para se referir aos papéis não-sexuais entre os personagens em um relacionamento.

 

 

error: Conteúdo protegido!!