HONORÍFICOS JAPONESES

CONHECENDO ALGUNS HONORÍFICOS JAPONESES!

Vamos aprender um pouco de japonês??

– Títulos e Honoríficos –

No Japão, o habitual é chamar as pessoas pelo sobrenome, exceto se for alguém da família, amigos íntimos ou crianças. Outra característica interessante e muito importante é o uso frequente de honoríficos após o nome ou sobrenome. Existe uma variedade grande de honoríficos e cada qual deve ser usado de forma apropriada.

A hierarquia é muito importante na sociedade japonesa e também determina qual o honorífico usar para cada pessoa de acordo com o grau de intimidade ou posição social. O conceito dos honoríficos existe desde a era feudal e podemos dizer que é um dos pilares da educação no que diz respeito ao trato social.

Nas fábricas e empresas em geral é comum se referir aos seus superiores de acordo com a sua posição dentro da empresa. O chefe, por sua vez, irá chamar os seus subordinados pelo sobrenome seguido do sufixo “san”.

Para quem está aprendendo japonês, é muito importante aprender a usar corretamente os honoríficos japoneses, pois o uso inadequado pode acarretar más interpretações e você pode sair como “mal educado”, mesmo sem esta intenção. Também não devemos usar honoríficos para se referir a nós mesmos.

* Abaixo temos alguns mais usados atualmente:

=> さん (San) – Esse é o sufixo mais comum. Ele serve para demonstrar certo respeito. Usa-se para se comunicar com pessoas do mesmo grau hierárquico ou com mais ou menos a mesma idade. Não tem um correspondente em português, mas poderia ser traduzido como “senhor” ou “senhora”.

=> さま (Sama) – Esse é um sufixo que demonstra extremo respeito por quem se fala. Costuma ser usado com pessoas mais velhas, autoridades, ou simplesmente pessoas que estejam acima na hierarquia e para entidades divinas como kami-sama, que significa “Espírito reverenciado”. Também é comum que empresas usem o sama no tratamento de seus clientes. Quando uma pessoa usa o sama após seu próprio nome, demonstra bastante arrogância.

=> くん (kun) – Usa-se com homens, normalmente mais novos. É inadequado usar com pessoas mais velhas ou em alguém acima de você na hierarquia. Também é recomendado usá-lo com quem se tenha certa intimidade. Nunca use isso com seu chefe. Às vezes é usado para se referir a mulheres jovens, mas apenas em situações muito específicas. Os homens só usam com as mulheres de quem são próximas e, da mesma forma, as mulheres usam com os homens.

=> ちゃん (chan) – Esse sufixo é usado normalmente com mulheres, e com pessoas mais novas. Pode ser usado também para crianças, bebês, avós, amigos próximos e namorados. Ele só deve ser usado com pessoas com que se tenha intimidade. Embora seu significado literal não seja esse, ele às vezes pode ser interpretado como um diminutivo. Assim, “Maria-chan” poderia ser traduzido como “Mariazinha”.
É o honorífero mais conhecido e acredita-se ser derivado do fato das crianças não conseguirem pronunciar “san” corretamente. Este pequeno erro foi considerado fofo e continuou sendo usado no idioma japonês.

=> たち (tachi) – Sufixo que passa pronomes e certas palavras para o plural.

=> 坊 (bocchan) – Usado por mordomos ou criados para se referir aos filhos de seus patrões.

=> ちゃま (chama) – Variação do sama usado por crianças para se referir a pessoas mais velhas.

=> ちん (chin) – Usado apenas em garotas, é uma variação de chan pouco usado, mas que ainda é encontrada eventualmente.

* Alguns específicos:

=> 先生 (sensei) – Apesar de ser comumente traduzido como “professor”, ele tem um sentido mais amplo de se referir a pessoas que têm mais conhecimento que nós. É usado especialmente para professores, médicos, dentistas, cientistas, advogados, escritores, artistas e até mesmo, qualquer um que seja considerado um doutor ou um mestre no que faz.

=> 博士 (Hakase) – Termo usado especificamente para designar Doutor ou “PhD”

=> 先輩 (senpai) – O termo senpai se refere colegas mais velhos e que está há mais tempo em uma empresa, uma escola, faculdade, dojo, clube esportivo, figuras mentoras ou para fazer referencia a alguém que é mais experiente que você. Seria a forma respeitosa que serve para mostrar a diferença de status social entre o falante e o ouvinte. Ele significa algo como “veterano” ou “mentor” e é um honorífero bastante usado nas escolas.

=> 後輩 (kouhai) – O termo kouhai se refere a alguém mais novo, um calouro , novato, em determinado lugar como escola, faculdade ou uma instituição. Porém não é nada educado tratar alguém diretamente com esse sufixo, pois seria uma atitude muito rude. Nesse caso, o ideal é usar os sufixos “san” ou “kun” ao invés de kouhai.

HONORÍFICOS OBSOLETOS

=> 殿 どの (dono) – Serve para demonstrar ainda mais respeito que sama, mas é bem menos usado. Era muito comum na época dos samurais. Significa aproximadamente “senhor” ou “mestre”.

=> 氏 (shi) – Esse sufixo é usado para se referir a pessoas que não se conhece pessoalmente, mas só por documentos. Muito comum em documentos e correspondências oficiais.

=> 上 (ue) – Significa literalmente “acima” e denota um alto nível de respeito. Embora seu uso não seja mais comum, ainda é visto em construções como chichi-ue ( 父 上 ) , haha-ue ( 母 上 ) , ani-ue ( 兄上) e ane-ue ( 姉 上 ) , termos reverentes para “pai”, “mãe” , “irmão mais velho” e “irmã mais velha “, respectivamente. Os recibos que não exigem a especificação do nome do pagador geralmente são preenchidos com ue-sama .

=> 選手 / せんしゅ (Senshu) – O honorífico “senshu” é usado especialmente para atletas em geral. Pode ser aplicado a boxeadores, jogadores de futebol, lutadores de artes marciais, etc.

=> 家 元 (Iemoto) – O honorífico “Iemoto” é uma versão mais formal de “sensei”, usado para grandes mestres de arte tradicionais, tais como caligrafia japonesa ou cerimônia do chá.

=> 陛下 (Heika) – O título honorífico Heika trata-se de um título real, que se traduz como “majestade”. Por exemplo, Tennō heika (天皇 陛下), que significa “Sua Majestade, o Imperador” e Joo heika (女王 陛下) que significa “Sua Majestade, a Rainha”. Outro título similar é Denka (殿下), que se traduz como “Alteza Real”.

=> 妃 殿下 (Hidenka) – É usado para se dirigir à consorte de um príncipe e é usado da mesma forma que os outros títulos reais.

=> 閣下 (Kakka) – Kakka é um título honorífico que significa “Vossa Excelência” e é usado geralmente para embaixadores e alguns chefes de Estado.

=> 殿下 (denka) – que pode ser traduzido como Vossa Alteza.

=> 大統領 (daitouryou) – Esse sufixo se aplica a qualquer presidente de país ou chefe de Estado, usado imediatamente após o nome da pessoa.

=> 被告 (Hikoku) – O título honorífico Hikoku serve para fazer referência a criminosos condenados, réus.

=> 容疑者( Yogisha) – Já suspeitos que ainda aguardam julgamento são referidos como “yogisha”.

=> 受刑 者 (Condenados) – de modo a não presumir culpa antes de qualquer coisa ser provada. Esses títulos podem ser usados ​​sozinhos ou anexados a nomes. No entanto, embora “suspeito” e “réu” tenham começado como descrições neutras, elas se tornaram depreciativas com o tempo.

TÍTULOS REAIS E OFICIAIS

=> 陛下 (Heika) – O título honorífico Heika trata-se de um título real, que se traduz como “majestade”. Por exemplo, Tennō heika (天皇 陛下), que significa “Sua Majestade, o Imperador” e Joo heika (女王 陛下) que significa “Sua Majestade, a Rainha”. Outro título similar é Denka (殿下), que se traduz como “Alteza Real”.

=> 殿下 (denka) – que pode ser traduzido como Vossa Alteza.

=> 妃 殿下 (Hidenka) – É usado para se dirigir à consorte de um príncipe e é usado da mesma forma que os outros títulos reais.

=> 閣下 (Kakka) – Kakka é um título honorífico que significa “Vossa Excelência” e é usado geralmente para embaixadores e alguns chefes de Estado.

=> 大統領 (daitouryou) – Esse sufixo se aplica a qualquer presidente de país ou chefe de Estado, usado imediatamente após o nome da pessoa.

HONORÍFICOS FAMILIARES

Palavras para membros da família têm duas formas diferentes em japonês. Ao se referir aos próprios membros da família ao falar com um não-membro da família, substantivos neutros e descritivos são usados, como haha ( 母 ) para “mãe” e ani ( 兄 ) para “irmão mais velho”. Quando se dirige aos próprios familiares ou se dirige ou se refere aos familiares de outra pessoa, são utilizadas formas honoríficas. Usando o sufixo -san , como é mais comum, “mãe” torna-se okāsan ( お 母 さ ん ) e “irmão mais velho” torna-se oniisan ( お 兄 さ ん ) . Os honoríficos -chan e -sama também podem ser usados ​​em vez de -san , para expressar um nível mais alto de proximidade ou reverência, respectivamente. A regra geral é que um membro da família mais jovem (por exemplo, um irmão mais novo) se dirige a um membro da família mais velho (por exemplo, uma irmã mais velha) usando uma forma honorífica, enquanto o membro da família mais velho chama o mais jovem apenas pelo nome.
As formas honoríficas são:

=> Otōsan ( お 父 さ ん ) – pai. O substantivo descritivo é chichi ( 父 ) .

=> Ojisan ( 叔父 さ ん / 小 父 さ ん / 伯父 さ ん ) – tio, ou também “cavalheiro de meia-idade”.

=> Ojiisan ( お 祖父 さ ん / 御 爺 さ ん / お 爺 さ ん ん / 御 祖父 さ ん ) – avô, ou também “idoso do sexo masculino”.

=> Okāsan ( お 母 さ ん ) – mãe. O substantivo descritivo é haha ( 母 ) .

=> Obasan ( 伯母 さ ん / 小 母 さ ん / 叔母 さ ん ) – tia, ou também “senhora de meia-idade”.

=> Obāsan ( お 祖母 さ ん / 御 祖母 さ ん / 御 婆 さ さ ん / お 婆 さ ん ) – avó, ou também “cidadã idosa”.

=> Oniisan ( お 兄 さ ん ) – irmão mais velho, ou também “um jovem cavalheiro”. O substantivo descritivo é ani ( 兄 ) .

=> Onēsan ( お 姉さ ん) – irmã mais velha, ou também “uma jovem senhora”. O substantivo descritivo é ane ( 姉 ) . O o- ( お ) inicial nesses substantivos é em si um prefixo honorífico . Em situações mais casuais, o falante pode omitir esse prefixo, mas manterá o sufixo.
=> Niichan ( 兄 ち ゃ ん ) ou Niisan ( 兄 さ ん ) – quando um irmão mais novo se dirige ao seu próprio “irmão mais velho”.

=> Nēchan ( 姉ち ゃ ん) ou Nēsan ( 姉さ ん) – quando um irmão mais novo se dirige à sua própria “irmã mais velha”.

=> Kāsan ( 母 さ ん ) – quando uma pessoa se dirige a sua própria “esposa” (a “mãe” de seus filhos).

=> Tōsan ( 父 さ ん ) – quando uma pessoa se dirige ao seu próprio “marido” (o “pai” dos filhos).

=> Bāchan ( 祖母 ち ゃ ん ) – quando os netos se dirigem à “avó”.

=> Jiichan ( 祖父 ち ゃ ん ) – quando os netos se dirigem ao “avô”.

Bem, esta é apenas uma pequena amostra de Títulos honoríficos japoneses. Espero que seja útil para quem está aprendendo japonês ou para quem tem curiosidade de saber um pouco mais sobre os costumes japoneses.

Atenciosamente Katagiri~ 

(Tradutora de Japonês e Inglês)

error: Conteúdo protegido!!